Arquivo do mês: abril 2014

Do Amor o Avesso

Do Amor o Avesso   Solta no meu pátio restou a besta. Um sapo rasteiro e sua gosma. Uma cinza coruja miando. Lisos limos sob a folhagem. A cobra, a cobra, a cobra a rastejar-se para fora da boca. Restos … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Marcado com | Deixe um comentário